NOTÍCIAS PARA OS CINCO CONTINENTES

3ª DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE CANOAS/RS

O investigador e chefe dos cartórios da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Canoas Vitor Hugo dos Santos desde sempre interferiu em todo e qualquer denúncia do repórter João Lippert que passasse pelas mãos do investigador. Aliás, isto acontece até os dias de hoje.

Vitor Hugo dos Santos começou sua interferência em relação aos reitores da ULBRA, hoje ex-reitores, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, onde o investigador disse até mesmo que a ULBRA patrocinava folhas, tintas para impressão e outros materiais de escritório da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Canoas, quando tinha endereço na Avenida Boqueirão.

Vitor Hugo dos Santos por várias vezes em depoimentos de João Lippert e seus filhos, foi deselegante, grosseiro, fazendo comentários ofensivos e negando-se em colocar o depoimento dos mesmos na íntegra, determinando o que poderia ficar no depoimento e o que o investigador não iria colocar e pronto.

Vitor Hugo dos Santos também interferiu em várias ocorrências feitas pela Televisão TVS e seus sócios por perturbação, fazendo com as mesmas sequer chegassem ao Foro de Canoas.

Vitor Hugo dos Santos, que ainda atua na 3ª Delegacia de Polícia Civil, hoje no mesmo prédio da Central de Polícia de Canoas, é suspeito de envolvimento com os hoje ex-reitores da ULBRA e de ser uma das pessoas a dar cobertura dentro da Polícia Civil aos crimes dos mesmos.

Vitor Hugo dos Santos foi denunciado a COGEPOL - Corregedoria Geral da Polícia Civil, mas como de praxe, a denúncia deve ter sido arquivada, pois durante um ano inteiro foi tentato obter informações sobre o andamento da denúncias e nunca foi possível obter a informação.

VITOR HUGO DOS SANTOS E O ATUAL DELEGADO DA 3ª DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE CANOAS, ESPOSAS OU COMPANHEIRAS E FILHOS DEVERÃO
PRESTAR ESCLARECIMENTOS À JUSTIÇA!