NOTÍCIAS PARA OS CINCO CONTINENTES

Canoas/RS, 05 de outubro de 2017.

QUEM É JOSÉ PAULO BISOL

Entre 1999 e 2002, José Paulo Bisol foi secretário de Justiça e Segurança do Rio Grande do Sul.

No ano de 2002, João Lippert requereu proteção policial e garantias de vida à Secretaria da Justiça e Segurança do Rio Grande do Sul, onde na época o Secretário era José Paulo Bisol.

O pedido foi feito em razão dos fatos já acontecidos em relação aos reitores da ULBRA na época, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, como o impedimento da implantação da Universidade IESES em Glorinha, sequestro seguido de cárcere privado à mão armada contra João Lippert cometido por Tirone Lemos Michelin que alegou serem os mandantes do crime os reitores da ULBRA na época (leia o relato do sequestro), embargo da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul, destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo, falecimento do vice-presidente do IESES Salmeron Kermor Ferreira Alves em um acidente de helicóptero, que passou-se a suspeitar ter sido proposital, além de outras ameaças sofridas por João Lippert.

(Leia o pedido de proteção policial e garantias de vida)


Ruben Eugen Becker - Leandro Eugênio Becker - Pedro Menegat - Tirone Lemos Michelin - Salmeron Kermor Ferreira Alves

Alguns dias após o protocolo, devida uma ligação suspeita recebida por João Lippert, o mesmo protocolou comunicado ao então Secretário José Paulo Bisol, comunicando os fatos e requerendo novamente proteção policial e garantias de vida.

(Leia o comunicado)

Ocorre que João Lippert recebeu uma correspondência de José Paulo Bisol, onde o mesmo dizia que o reitor Ruben Eugen Becker não oferecia risco a ninguém e maiores informações sobre o pedido de proteção policial feito por João Lippert, o mesmo deveria entrar em contato com a 3ª Delegacia de Polícia Civil de Canoas.Com base nisto, na 3ª Delegacia de Polícia Civil de Canoas, funcionários alegavam que o assunto deveria ser tratado diretamente com o delegado titular na época, porém, o mesmo nunca estava disponível para falar com João Lippert. Assim, João Lippert nunca conseguiu ser atendido pelo delegado e nunca conseguiu a proteção requerida.