Canoas, 11 de agosto de 2018.
(Atualizada em 14/09/2018)

PROPOSTA DE CONCILIAÇÃO EXTRAJUDICIAL PARA SÉRGIO LUIZ GRASSI BECK

TUDO COMEÇOU ASSIM NO ANO DE 2006: O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Sérgio Luiz Grassi Beck, após reter por aproximadamente três anos o processo (008/1.05.0000615-4) em relação ao imóvel onde João Lippert e sua família residia, na Rua Peru 785 em Canoas, o desembargador mandou incinerar o processo, impedindo que João Lippert ingressasse com recursos no processo ou mesmo apelação à terceira instância. A informação de que o desembargador havia determinado a incineração do processo, partiu de vários funcionários do Tribunal de Justiça em 2006. O processo ficou retido no Tribunal de Justiça de 22/08/2001 até 28/03/2006.

O pedido de incineração do processo suspeita-se ter partido do na época juiz Fábio Koff Júnior, que era o julgador do processo e que havia determinado a reintegração de posse do imóvel. Fábio Koff Júnior, ainda quando administrava o processo, ligou para o celular de João Lippert em 20 de outubro de 2006 às 11hs03, usando o telefone do Foro de Canoas para tal, e na ligação, abusou de sua autoridade, intimidando, constrangendo, humilhando e até mesmo ameaçando João Lippert. Também podem estar envolvidos no pedido de incineração do processo, os ex-reitores da ULBRA, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, além do advogado da ULBRA Domingos Moreira, todos com interesse na ação.

O desembargador Sérgio Luiz Grassi Beck deve a João Manoel Lippert, a quantia de R$ 300 milhões de reais, por impedir que João Lippert se defendesse na justiça e por ter mandado incinerar o processo do imóvel acima referido. A indenização pode ser paga à vista com 50% de desconto ou parcelada em valores e parcelas que deverão ser acordados entre as partes. Em qualquer das duas formas, deverá o devedor depositar 10% do valor total da indenização antecipadamente como prova de boa-fé.

Seguem abaixo os dados da conta bancária para pagamento da indenização e o e-mail para contato.
Agência: 3866-0 | Conta: 21266-0 | Titular: João Manoel Lippert | E-mail: joaomlippert@hotmail.com

Se Sérgio Luiz Grassi Beck aceitar esta proposta de conciliação extrajudicial, a Televisão TVS se eximirá de publicar seu nome e foto, bem como removerá nome e foto do desembargador de todo e qualquer conteúdo em texto, imagem ou vídeo da Televisão TVS. Caso não aceite a conciliação, o mesmo ainda pode ingressar na justiça para requerer remoção de seu nome e foto.


Clique aqui e leia a história de vida de João Lippert e os crimes e boicotes que sofreu.