Canoas, 14 de setembro de 2018.

PROPOSTA DE CONCILIAÇÃO EXTRAJUDICIAL PARA A UNIVERSIDADE ULBRA

A ULBRA - Universidade Luterna do Brasil deve à Fundação & Mantenedora TESES - Templo Ecumênico Sagrado Espírito Santo, mantenedora do Instituto IESES, a quantia de R$ 100 bilhões de reais pelo fechamento da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul em 1999, pela destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo em 1999, pelo impedimento da implantação da Universidade IESES em Glorinha em 1998, pelo impedimento da implantação da Unidade de Ensino IESES Gramado em 2005, pelo impedimento do show de Zezé Di Camargo & Luciano e implantação do Templo TESES também em Gramado em 2005, pela matéria caluniosa publicada no Jornal de Gramado em 1999 contra o IESES e João Lippert, e pela reintegração de posse indevida do imóvel em que residia João Lippert e sua família desde 1994 à Rua Peru 785 em Canoas.

A indenização pode ser paga à vista com 50% de desconto ou parcelada em valores e parcelas que deverão ser acordados entre as partes. Em qualquer das duas formas, deverá o devedor depositar 10% do valor total da indenização antecipadamente como prova de boa-fé.

Seguem abaixo os dados da conta bancária para pagamento da indenização e o e-mail para contato.
Agência: 3866-0 | Conta: 21266-0 | Titular: João Manoel Lippert | E-mail: joaomlippert@hotmail.com

Se a Universidade ULBRA aceitar esta proposta de conciliação extrajudicial, a Televisão TVS se eximirá de publicar nome e foto da mesma, bem como removerá nomes e fotos dos mesmos de todo e qualquer conteúdo em texto, imagem ou vídeo da Televisão TVS. Caso não aceite a conciliação, a ULBRA ainda podem ingressar na justiça para requerer remoção de seus nome e foto.


Clique aqui e leia a história de vida de João Lippert e os crimes e boicotes que sofreu.