NA UNIVERSIDADE ULBRA, MINHA PESSOA, JOÃO LIPPERT, COMO PESQUISADOR UNIVERSITÁRIO NAS ÁREAS HUMANA E VETERINÁRIA, EU FAZIA ESTAS PESQUISAS. PORÉM, FUI SEQUESTRADO PARA IMPEDIR A IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO IESES NO BRASIL, PARA QUE A ULBRA E OUTRAS INSTITUIÇÕES NÃO TIVESSEM CONCORRÊNCIA NA ÁREA DO ENSINO.
CLIQUE PARA ASSISTIR TODOS OS VÍDEOS DE PESQUISAS

VEJA OS VÍDEOS DE ENTREVISTAS EM PRESÍDIOS E INSTITUTOS PENAIS NO BRASIL E EXTERIOR, FEITAS POR JOÃO LIPPERT .
CLIQUE PARA ASSISTIR OS VÍDEOS


Notícia do dia 22 de fevereiro de 2024

A MAÇONARIA E
OS EX-REITORES DA ULBRA

SEGUNDO TIRONE LEMOS MICHELIN, O HOMEM QUE SEQUESTROU MINHA PESSOA, OS NA ÉPOCA REITORES DA ULBRA E MANDANTES DO SEQUESTRO, SEGUNDO MICHELIN ELES ERAM MEMBROS DA MAÇONARIA.

SAIBA MAIS SOBRE A MAÇONARIA
ASSISTA AOS VÍDEOS COM LINKS ABAIXO


TAMBÉM ACREDITA-SE QUE FAZ PARTE DA MAÇONARIA, OS ADVOGADOS DOMINGOS MOREIRA GÓES E ELIZON D'AQUINO COSTA.

EM RELAÇÃO AO SEQUESTRO QUE SOFRI, COMETIDO POR TIRONE LEMOS MICHELIN, O CRIME NUNCA FOI INVESTIGADO APESAR DE MINHA DENÚNCIA.

EDITANDO

 
 

 


Notícia do dia 18 de fevereiro de 2024

POR QUE DENUNCIEI OS NA ÉPOCA REITORES DA ULBRA NA RECEITA FEDERAL?

Por suspeita de os mesmos terem se beneficiado de recursos financeiros que deveriam ter sido destinados ao IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo. Portanto, suspeita de crime financeiro.

CLIQUE AQUI E VEJA A DENÚNCIA FEITA À RECEITA FEDERAL

Por qual valor o meu sobrinho José Luís Lippert da Silva, acionista do IESES, e o ex-acionista do IESES, advogado Clóvis Voese, por qual valor os mesmos, aceitando serem corruptos, podem ter se vendido para a Ulbra e para os seus reitores na época? Ambos terão que esclarecer na justiça.


Notícia do dia 14 de fevereiro de 2024

NOTÍCIA EXTRAORDINÁRIA

Onde está Domingos Moreira Góes?

Onde está o homem que me sequestrou, Tirone Lemos Michelin?

Onde está o ex-reitor da Ulbra Ruben Eugen Becker?

Onde está o ex-vice-reitor da Ulbra Leandro Eugênio Becker?

Onde está o ex-pró-reitor de administração da Ulbra Pedro Menegat?
O homem que me convenceu a fechar o laboratório de pesquisas que eu tinha em Gravataí para trabalhar na Universidade Ulbra.

Onde está o empreiteiro Edson Carpa?

Onde estão estas pessoas?

A TELEVISÃO TVS QUER AGENDAR UMA ENTREVISTA PESSOALMENTE COM ESTAS PESSOAS.

A TELEVISÃO TVS AGUARDA CONTATO PELO E-MAIL
tvsinternacional@hotmail.com


Notícia do dia 07 de fevereiro de 2024

O CRIME DE SEQUESTRO ACONTECEU PORQUE OS EX-REITORES DA ULBRA NÃO ADMITIAM TER MAIS UMA CONCORRÊNCIA NA ÁREA DO ENSINO
- O CONCORRENTE: INSTITUTO IESES -

Como cidadão brasileiro, quero que esta juíza que não foi capaz de investigar o crime de sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999 e ainda condenou-me injustamente, quero que a juíza seja afastada do Judiciário e não mais atue no Judiciário no Brasil.

Quero que esta juíza não se beneficie mais com o salário que vem dos impostos pagos pelos brasileiros, inclusive minha pessoa. Até porque se a juíza recebe para fazer justiça e não faz, considero isso uma forma de estelionato.

Para evitar a concorrência no ensino, eu, João Manoel Lippert, fundador do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito, hoje com 75 anos, na época fui ameaçado, maltratado, ofendido e sequestrado e os criminosos ainda requerem proteção da justiça, através de autoridades suspeitas de serem corruptas.

São eles:
Sequestrador - Tirone Lemos Michelin.
Mandantes do sequestro - ex-reitores da Ulbra, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, além do advogado Domingos Moreira Góes.
Possível envolvimento de familiares dos mesmos.


Notícia do dia 26 de janeiro de 2024

VERGONHOSO

Quem é o homem no Brasil que é pai de um filho bastardo?
Um filho não reconhecido pelo pai.

A Televisão TVS quer que tal homem, pai do filho bastardo, realize um exame de DNA em até trinta dias.


Notícia do dia 21 de janeiro de 2024

JOÃO LIPPERT CONCORRERÁ À PREFEITO DE CANOAS NAS ELEIÇÕES DE 2028

Hoje com 75 anos de idade, tendo sofrido infarto em 2022, minha pessoa, João Lippert, não preciso mais votar.
No entanto, nas eleições de 2028, vou concorrer à prefeito de Canoas.

Em 2010 concorri a deputado estadual para o Rio Grando do Sul e em 2012 concorri a vereador para Canoas.

Até que provem ao contrário na justiça, a condenação indevida de minha pessoa sem ter sido o crime de sequestro investigado, pode ser uma grande armada para minha pessoa perder a chamada "ficha limpa" e não poder concorrer nas próximas eleições.


Notícia do dia 21 de janeiro de 2024

PENSEI QUE EU VIVIA EM UM PAÍS LIVRE
ME ENGANEI

Ex-reitores da Ulbra - Universidade Luterana do Brasil (Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat) e Universidade Feevale e seu reitor são acusados de corrupção, além do advogado Domingos Moreira Góes e três advogados da Universidade Feevale (dois advogados e uma advogada), além dos advogados Pedro da Silva Reis, Elizon D'Aquino Costa, Augusto César Cardoso e outros à serviço da Ulbra e seus na época reitores.


Domingos Moreira Góes e três advogados da Universidade Feevale em 1999, em reunião com minha pessoa e outros acionistas do IESES, tais advogados exigiram que as obras da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo fossem paralizadas em 12 horas, caso contrário tomariam outras providências. As obras não foram paralisadas e a escola foi totalmente destruída. O empreiteiro Edson Carpas está desaparecido desde então, bem como Antônio César Bassetti que viajou comigo e me apresentou para os diretores do Banco ABN da Holanda para fazer operações para que com os resultados, fosse construído o Instituto IESES no Brasil (o que não aconteceu). Parece que tudo estava programado: o sequestro de minha pessoa e a destruição das obras do Instituto IESES.

Juíza que condenou minha pessoa injustimante sem se quer o crime de sequestro que sofri ter sido investigado, a juíza também é acusada de corrupção. Juíza terá que provar na justiça que o crime de sequestro não ocorreu. A juíza poderá perder seu cargo e pagar indenização à minha pessoa.


Notícia do dia 12 de janeiro de 2024

TEXTO MEDIÚNICO

Ruben Eugen Becker, na época reitor da Universidade Ulbra, não teria assassinado pessoalmente seu contabilista. O crime teria sido praticado pelas mãos de Tirone Lemos Michelin (homem que me sequestrou) com apoio do advogado Domingos Moreira Góes.

Becker. Não adianta você mandar o Domingos Moreira Góes me atacar, me processar, me difamar. Você me deve pela destruição do Instituto IESES, que estamos analisando valores. Toma jeito de homem Becker. Você já está na idade realmente de tomar jeito de gente.

Proponho irmos ao Foro Central de Porto Alegre e na presença de juízes altamente competentes, que não somente seus amigos, e vamos parar de nos ofender desde que você, Tirone Lemos Michelin, Domingos Moreira Góes não mais interfiram na minha vida ou de meus familiares.


Notícia do dia 08 de janeiro de 2024

CRIME DE SEQUESTRO
NÃO INVESTIGADO PELA JUSTIÇA?

Pensei que eu residia em um país livre. Não posso confirmar isso.
Este país não é livre.
Sempre tem alguém disposto a impedir o progresso do seu próximo.

O sequestro que sofri em 1999 não foi investigado porque o ex-reitor da Ulbra Ruben Eugen Becker, o ex-vice-reitor da Ulbra Leandro Eugênio Becker, o ex-pró-reitor de administração da Ulbra Pedro Menegat, o sequestrador Tirone Lemos Michelin, o ex-advogado da Ulbra Domingos Moreira Góes, o ex-acionista do IESES e advogado Clóvis Voese, o advogado Pedro Reis sua mulher e filha advogada, meu sobrinho José Luís Lippert da Silva, além de outros, todos mentiram vergonhosamente para a justiça.

É uma vergonha nacional, autoridades como promotores e promotoras públicas, juízes e juízas não investigarem os crimes denunciados e não fazerem justiça. E com isto prejudicaram vergonhosamente o IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo.

Portanto, vou cobrar na justiça da Universidade Feevale por terem mandado três advogados (dois advogados e uma advogada), bem como da Ulbra por ter mandado o advogado Domingos Moreira Góes, me exigirem que em 12 horas parasse com as obras da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo, que após isto foi totalmente destruída por cerca de oitenta homens. As universidades Ulbra e Feevale também são suspeitas de terem interferido na implantação da Unidade de Ensino IESES em Sapucaia do Sul e na implantação da Universidade IESES no município de Glorinha.

Estes homens corromperam juízes, juízas, promotoras públicas, defensora pública, além de outras autoridades, que concordaram em se corromper para tentar salvar os ex-reitores da Ulbra e o sequestrador do crime de sequestro.

O meu sobrinho José Luís Lippert da Silva, que presenciou o crime de sequestro de minha pessoa, disse na justiça que não viu o fato como um sequestro. Entretanto, não foi José Luís que foi levado para debaixo de uma passarela na BR-116, estando Tirone Lemos Michelin armado, me desacatando e me ameaçando, perguntando ainda se eu estava armado.

Michelin ainda disse no ato do crime, que os então reitores da Ulbra eram frequentadores da Maçonaria e que através da Maçonaria eles podiam fazer horrores. Com todas as ameaças, inclusive de encontrar minha filha menor de idade na época com as pernas quebradas, tirei minha filha do Brasil e levei para Portugal, onde ficamos seis meses. No meu retorno ao Brasil, pessoas que tinham cargos de confiança no IESES, inclusive o empreiteiro Édson Carpas, haviam desaparecido do mapa, estando até hoje.

Agora estou recorrendo à verdadeira justiça do Rio Grande do Sul e não mais através de juízes, juízas, promotoras públicas e defensoras públicas que mostraram-se ser na verdade amigos e defensores dos ex-reitores da Ulbra.


Notícia do dia 07 de janeiro de 2024

ZEZÉ DI CAMARGO PERDE A VOZ
AQUI SE FAZ AQUI SE PAGA

Mesmo tendo o cheque nas mãos, recebido via Sedex, Zezé Di Camargo e Luciano cancelaram um show em Gramado que seria pago 10 dias antes de pisarem no palco.

CLIQUE PARA VER CÓPIA DO CHEQUE

Hoje, Zezé está assim.
Zezé Di Camargo perde a voz: foi castigo ou obra divina?
Dê sua opinião através do e-mail tvsinternacional@hotmail.com

Segundo terceiros, o show da dupla foi cancelado a pedido dos ex-reitores da Ulbra.

De outro lado, sugiro aos senhores e senhoras que não confiem nos advogados Cllovis Voese, Domingos Moreira Góes e Pedro da Silva Reis.

Por fim fica também a pergunta: por que fui obrigado pela justiça a realizar um exame no Instituto Psiquiátrico Forense? O laudo comprovou que sou plenamente capaz. Este fato também deverá ser revisto na justiça com pedido de indenização.

CLIQUE PARA VER LAUDO


Notícia do dia 02 de janeiro de 2024

APESAR DE TUDO, FELIZ ANO NOVO!

João M. Lippert, médium, músico profissional, que fez som com Orlando Alvarado na Argentina e em São Paulo, fez som com Angelo Máximo no Brasil. João Lippert também foi pesquisador universitário nas áreas humana e veterinária e foi funcionário da Universidade Ulbra durante três anos e oito meses.

Entretanto, até que provem ao contrário na justiça, João Lippert foi condenado injustamente pela juíza Patrícia Krebs Tonet à pedido dos ex-reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat - além de outros como o ex-reitor da Universidade Feevale, para que com isso João Lippert perdesse a chamada "ficha limpa" e não pudesse concorrer a prefeito de Canoas nas próximas eleições.

A juíza terá que provar na justiça que o sequestro de João Lippert não ocorreu. João Lippert foi retirado do pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e levado por Tirone Lemos Michelin à mão armada para baixo de uma passarela em Canoas na BR-116. Se a juíza não provar na justiça que o sequestro não aconteceu, a juíza poderá perder o cargo de magistrada e pagar uma indenização à João Lippert, do qual está sendo estudado o valor.


Notícia do dia 30 de novembro de 2023

NOTÍCIAS

A Televisão TVS apresenta ao mundo, com muito cuidado eis que são perigosos e ardilosos: OS IRMÃOS METRALHA: Francisco e José Luís e outros.


José Luís é acionista do Instituto IESES. Francisco era um funcionário de um banco brasileiro. Emprestei a estes dois e a mãe deles, uma televisão nova que comprei de uma loja em Esteio. Ao invés de me devolverem a televisão quando não mais tinham interesse, eles a venderam e segundo Francisco, a televisão foi vendida porque o pastor da igreja dos mesmos, disse que famílias não necessitavam deste tipo de entretenimento. Até agora não me reembolsaram pela televisão. A mãe de Francisco e José Luís faleceu neste ano. Portanto, estou cobrando deles o valor da televisão. Segundo cálculos, considerando juros e correção monetária,
o valor já ultrapassa R$ 30 mil reais.
Aguardo contato para acertar forma de pagamento: tvsinternacional@hotmail.com
José Luís favor apresentar seu endereço para que possamos resolver em juiz a desvinculação do seu nome do IESES.

A Televisão TVS também apresenta ao mundo, os entendidos como:
OS PRIMOS METRALHA: Clóvis Voese, Pedro da Silva Reis e esposa e filha.


A esposa é proprietária de um salão de beleza em Gramado e a filha é advogada, igual ao pai. O cunhado de Pedro Reis, segundo informações do próprio, era assaltante de bancos e cumpria pena em charqueadas e quando solto foi assassinado. Pedro Reis teria dito a minha pessoa que ele teria sofrido ameaças de morte. Pedro Reis levava para o presídio roupas limpas para seu cunhado que cumpria pena.

Fui sequestrado por um funcionário da Ulbra em 1999, Tirone Lemos Michelin. Denunciei, portanto, alertei alguns homens da justiça do que fizeram com minha pessoa e meus familiares. De nada adiantou. O criminoso e os mandantes do crime continuam soltos, podendo praticar o mesmo crime de sequestro com outras famílias.

OS METRALHAS


Notícia do dia 21 de novembro de 2023

O MAIOR ESCÂNDALO DENTRO
DO RECESSO DA JUSTIÇA

Juíza Patrícia Krebs Tonet é suspeita, até que prove ao contrário na justiça, de ter me condenado injustamente para me impedir de concorrer à Prefeito de Canoas nas próximas eleições.

A solicitação teria partido dos hoje ex-reitores da Ulbra e da Universidade Feevale, já que três advogados da Feevale (dois homens e um mulher), juntamente com Domingos Moreira Góes, Tirone Lemos Michelin (homem que me sequestrou à mando dos ex-reitores da Ulbra), em um escritório em Novo Hamburgo exigiram que minha pessoa parasse com obras da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo, caso contrário os mesmos tomariam outras medidas. Como a obra não foi paralizada, destruíram a escola.


Onde estão os três advogados da Feevale?

Será um grande escândalo.

No meu ponto de vista, parece que alguém não consegue viver sem um grande escândalo.

O VIOLINO


Notícia do dia 19 de novembro de 2023

PROPOSTA

Aos senhores Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker, Pedro Menegat, Tirone Lemos Michelin, Domingos Moreira Góes, à Universidade Ulbra, à Universidade Feevale e três advogados da mesma que em 1999 participaram de reunião com minha pessoa e acionistas do IESES em Novo Hamburgo.


Os senhores aceitam firmarem um acordo na justiça ou preferem responder processo pela destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo e embargo da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul?

A Universidade Feevale deve apresentar à justiça, os três advogados (dois homens e uma mulher) bem como seus contatos e endereços, advogados que participaram da reunião acima citada com minha pessoa e alguns diretores do Instituto IESES.

Domingos Moreira Góes deve informar à justiça, paradeiro de Edson Carpas ou comprovações de que o mesmo já faleceu. Domingos também deve informar à justiça o paradeiro de Milton da Encarnação.

Que Milton apresente na justiça seu filho, que seria procurador do mesmo.

Que Ruben Eugen Becker informe à justiça paradeiro de José Luís Lippert da Silva, ex-funcionário da Ulbra, bem como do advogado Clóvis Voese.

AINDA PROPONHO NESTE FIM DE ANO, COMEÇARMOS REALMENTE
UM ANO NOVO, UMA NOVA VIDA PARA TODOS NÓS.
QUE O ESPÍRITO SANTO ILUMINE A TODOS.


Notícia do dia 13 de novembro de 2023

O "HERESIA"
MAIS CONHECIDO COMO TIRONE LEMOS MICHELIN

O homem que me sequestrou em 23 de janeiro de 1999.

Michelin terá que provar na justiça onde esteve no dia do sequestro.


Notícia do dia 11 de novembro de 2023

O SEQUESTRADOR

Michelin. Como estão os pais que geraram um filho sequestrador?
Com certeza não foi esta a intenção de seus pais.
Fazer um monstro como você, um lobo em pele de cordeiro.
E se este monstro já enganou até mesmo juízes, promotoras e defensoras públicas, quem mais falta este monstro enganar?

Tirone Lemos Michelin, ex-funcionário da Ulbra, ex-governador do Rotary Clube, pessoa que se transformou em um dos piores criminosos do Brasil, o sequestrador de minha pessoa.

Michelin. Te proponho. Prove na justiça onde você esteve no dia 23 de janeiro de 1999, das 9hs às 12hs da manhã. Após me deixar em um posto de gasolina na BR-116 sentido Porto Alegre, você esteve na Ulbra? Naquele dia do sequestro, você esteve com meus filhos Chiara e Robson, meu sobrinho José Luís Lippert da Silva que também é suspeito de cumplicidade no sequestro, e com minha pessoa na Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul.

Naquele mesmo dia, você perguntou-me se eu estava armado. Eu tinha na época uma arma calibre 12 cano duplo devidamente legalizada, mas obviamente não estava com a arma comigo. E no teu carro alguém estava pronto possivelmente para me assassinar. Ele escorregou dentro do veículo e o barulho que ele fez que você disse que teria sido um veículo que passava na BR-116. Mas você sabe que não foi isso.

Na época, minha filha que era menor de idade estudava no Colégio São Marcos, que era da Ulbra. Com as tuas ameaças Michelin, tive que tirar minha filha do Brasil. Levei ela para Portugal. Ficamos cerca de seis meses no Hotel Inca.

O que me deixa mais perplexo em tudo isto, é que até hoje o crime de sequestro que eu sofri não foi investigado por nenhuma autoridade, mesmo eu tendo denunciado ao Ministério Público.

Onde está a justiça deste país lindo onde alguém comete um crime bárbaro de sequestro, destrói escolas, impede crianças de estudarem e a justiça parece que não existe?



Notícia do dia 07 de novembro de 2023

NOTÍCIA URGENTE

Até que provem ao contrário na justiça, os ex-reitores da Ulbra Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, o sequestrador Tirone Lemos Michelin, seu parceiro Domingos Moreira Góes, o empreiteiro Edson Carpa e sua mulher, além de cerca de oitenta homens funcionários da empresa de Edson Carpa na época, destruíram a Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo, jogando computadores pelas janelas, central telefônica com aproxidamente três mil ramais.

Acionistas do Instituto IESES vão ingressar imediatamente na justiça, com pedidos de intimações de todos os acionistas e sócios da Ulbra e de sua mantenedora Aelbra e demais envolvidos.


Notícia do dia 05 de novembro de 2023

O SEQUESTRADOR TIRONE LEMOS MICHELIN

Tirone Lemos Michelin, ex-funcionário da Ulbra, ex-governador do Rotary Clube, pessoa que se transformou em um dos piores criminosos do Brasil, o sequestrador de minha pessoa. Homem que foi posto no Rotary Clube no cargo de governador por orientação dos na época reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Mengat.

Tirone Lemos Michelin, após o crime de sequestro ocorrido em 23 de janeiro de 1999, Michelin esteve na Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo fazendo sinal de que voltaria depois.

Após uma reunião em Novo Hamburgo com o advogado na época da Ulbra, Domingos Moreira Góes e três advogados da Universidade Feevale, onde tais advogados impuseram que as obras da escola em Novo Hamburgo fossem imediatamente canceladas, após a reunião a escola foi totalmente destruída por cerca de oitenta homens, que eram funcionários da empreiteira que construía a escola.

Hoje a Televisão TVS procura saber quem eram estes funcionários que destruíram a escola, que estavam a mando do empreiteiro Edson Freitas Carpas, que está desaparecido. A Televisão TVS não tem paradeiro ou endereço de tal pessoa.

Aproximadamente cinco mil metros de fio elétrico, duzentos computadores, cem lâmpadas fluorescentes, cinquenta quadros de giz, três mil classes escolares e outros bens foram destruídos. Os vândalos ou terroristas jogavam pelas janelas os computadores, caindo no pátio da escola. A fiação toda ela foi roubada, inclusive uma central telefônica com cerca de três mil ramais.


Notícia do dia 04 de novembro de 2023

AINDA AGUARDANDO

Ainda nesta data estamos aguardando o Foro de Canoas liberar processo criminal para que meus advogados começem a requerer intimações de todos os envolvidos no crime de sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999.

Desde o mês de agosto deste ano, meus advogados estão requerendo o processo. A impressão que me dá, é que estão tentando impedir que os advogados tenham acesso ao processo, que eu seja defendido e que o crime de sequestro seja investigado.

Infelizmente, não só comigo, mas a Ulbra e seus reitores na época sempre agiram desta forma, impedindo que as pessoas se defendessem e que os mesmos fossem responsabilizados por seus atos.


Notícia do dia 02 de novembro de 2023
ATUALIZAÇÃO EM 03/12/2023

O SEQUESTRO

Oi Zé Luís. Por que você foi falar para os na época reitores da Ulbra que não tinha visto a minha saída juntamente com Tirone Lemos Michelin da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul como um sequestro?

Ô Zé. Você estava junto comigo, com Michelin e nós andamos pelo pátio da escola. Naquela andança eu revelei ao Michelin, as mudanças que nós poderíamos fazer no prédio, principalmente naquela área onde faziam as lavagens dos couros de boi. Naquela área revelei ao Michelin que nós modificaríamos para uma área de lavanderia humana.

E você foi falar que não tinha visto a minha saída com Michelin como um sequestro.

A opinião de todos nós e de quem ficou sabendo deste fato é que a Ulbra e seus na época reitores (Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat) não só sequestraram minha pessoa, mas também o futuro de meus filhos, de minha esposa na época e de futuros alunos do IESES.

Outra coisa Zé. Até hoje você e seu irmão Francisco não me pagaram a televisão que eu emprestei para vocês e sua mãe. Televisão aquela que segundo Francisco, vocês venderam e deram o dinheiro a um pastor da sua igreja na época.

Outra coisinha Zé. A sua esposa e seu filho na época menor, enquanto nós visitávamos pela Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul, eles ficaram lá em casa e almoçaram comigo e com minha família. Tudo isto aconteceu naquele mesmo dia 23 de janeiro de 1999.

Se você não sabia Zé que faltar com a verdade na justiça é crime, então fique sabendo agora: FALTAR COM A VERDADE NA JUSTIÇA É CRIME. SEJA POR UMA PESSOA LEIGA OU AUTORIDADE DA JUSTIÇA. É CRIME!

Zé Luís. O que você e outras pessoas falaram em relação a minha pessoa para a Suzana?

Aguardo resposta sua em relação a tudo que está relatado nesta notícia em até 72 horas a partir desta publicação. E-mail: joaomlippert@hotmail.com

De outro lado, meus advogados e minha pessoa estamos aguardando o Foro de Canoas entregar processo aos advogados para que todos envolvidos no sequestro sejam chamados na justiça, inclusive você Zé Luís e sua família.

Os advogados de minha pessoa também deverão envolver toda a diretoria do Hotel Plaza e Plaza São Rafael de Porto Alegre, que expulsou do Hotel Plaza minha pessoa, minha família, o acionista do IESES José Luís Lippert da Silva e sua esposa e filho e os dois seguranças de minha pessoa na época, mesmo com a estadia paga. Até que provem ao contrário na justiça, são suspeitos de terem agido desta forma à pedido dos na época reitores da Ulbra. Neste caso, alguns diretores dos hotéis devem ter sabido do sequestro.

Assim, sugiro que turistas que tem ou fariam reservas nestes hotéis, tenham muita cautela em relação à hospedarem-se nos mesmos. Penso que nenhum turista terá interesse em se hospedar em um hotel onde a diretoria, até que prove ao contrário na justiça, teria se envolvido em um caso de sequestro seguido de destruição de escolas do IESES - Instituto Educacional Espírito Santo.


Notícia do dia 02 de novembro de 2023

COMUNICADO

ME REVELARAM QUE CERTAS PESSOAS ESTARIAM FAZENDO COMENTÁRIOS MALDOSOS SOBRE MINHA VIDA PARTICULAR E DE MINHA FAMÍLIA, INCLUSIVE INVENTANDO MENTIRAS ABSURDAS SOBRE MINHA PESSOA.

EU SEI QUEM SÃO AS PESSOAS QUE ESTÃO FAZENDO ISSO E CHAMO A ATENÇÃO DESTAS PESSOAS MALDOSAS:

CASO NÃO SE ABSTENHAM DESTES COMENTÁRIOS MENTIROSOS, FOTOS E NOMES DESTAS PESSOAS SERÃO PUBLICADOS NESTA PÁGINA DE NOTÍCIAS.


Notícia do dia 24 de novembro de 2023
(atualização em 25/11/2023)

O PAI BASTARDO DE UM FILHO BASTARDO

Quem é o filho bastardo?

Quem é o pai do filho bastardo?

Quem é o ex-advogado do pai do filho bastardo?

Quem é a mãe do filho bastardo?
Uma professora, uma secretária, uma governanta?

Adivinhem quem é.

Os suspeitos de desejarem minha morte através de um infarto, segundo terceiros: os hoje ex-reitores da Ulbra Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, Tirone Lemos Michelin o sequestrador de minha pessoa, Francisco da Silva meu sobrinho que me deve o valor de uma televisão que eu havia emprestado à família e o mesmo vendeu e deu os recursos à um pastor, do qual quero saber o nome para cobrá-lo e ficamos certos.

Vou ingressar na justiça com indenização contra a Ulbra e seus ex-reitores, contra Domingos Moreira Góes, contra a serralheria MCA do senhor Milton da Encarnação e contra a Universidade Feevale pela destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo.


Juíza Patrícia Tonet terá que provar na justiça que o crime de sequestro que sofri não aconteceu na escola do IESES em Sapucaia do Sul, quando lá estávamos implantando a Unidade de Ensino IESES. Crime cometido por Tirone Lemos Michelin.

Os na época reitores da Ulbra mandaram me sequestrar para impedir a implantação do Instituto IESES e evitar a concorrência no ensino no Brasil.


Notícia do dia 21 de novembro de 2023

FEEVALE, ULBRA E REITORES.

Diretores do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo vão ingressar na justiça em relação à destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo, embargo da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e impedimento de outras unidades como em Gramado.

Suspeitos: Universidade Ulbra, seus reitores na época e advogados da Ulbra como Domingos Moreira Góes, Universidade Feevale e alguns advogados da mesma na época, o sequestrador Tirone Lemos Michelin e outros.


Notícia do dia 19 de novembro de 2023

ONDE ESTÃO OS HOMENS QUE ERA REITORES
DA ULBRA?

Juíza Patrícia Krebs Tonet, promotora pública Fernanda Ruttke Dillenburg e defensora pública Ivanise Deckmann, também terão que provar na justiça que o sequestro que sofri não aconteceu.

Nenhum crime foi investigado. Faltou coragem para investigarem ou valor o valor da propina pode ter sido muito alto?

José Luís Lippert da Silva, meu sobrinho, não passa de um corrupto. Pode ter se vendido por um trabalho na Ulbra TV. Corrupto assim como o advogado Clóvis Voese.

Não sequestraram somente minha pessoa. Sequestraram o futuro de meus familiares e de milhares de alunos que estudariam nas Unidades de Ensino IESES.


Notícia do dia 17 de novembro de 2023

COBRANÇAS INDENIZATÓRIAS

ALGUNS DOS DEVEDORES





EDITANDO


Notícia do dia 13 de novembro de 2023
(ATUALIZAÇÃO EM 15/11/2023)

O MAIOR ESCÂNDALO UNIVERSITÁRIO

Foto do sequestrador de minha pessoa João Lippert.

No sequestro, Michelin revelou à minha pessoa que os então reitores da Ulbra (Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat), mandantes do crime, e o próprio Michelin frequentavam a MAÇONARIA.

Foto do cúmplice do sequestro e destruidor das Unidades de Ensino IESES Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo e outras.

Até que provem ao contrário na justiça, são mandantes, cúmplices e outros.


Notícia do dia 10 de novembro de 2023

ALGUNS CRIMES DOS EX-REITORES DA ULBRA

Pois é senhor ex-reitor da Ulbra Ruben Eugen Becker, senhor ex-vice-reitor da Ulbra Leandro Eugênio Becker e senhor ex-pró-reitor de administração da Ulbra Pedro Menegat. Senhores que acabaram com meu laboratório apícola na Fazenda Itacolomi em Gravataí com a promessa de trabalhar para a Ulbra.

Era um golpe!

Na minha opinião, se os senhores tivessem direcionado para o bem sua matilha de cães raivosos por lucros fáceis, inclusive autoridades do judiciário, os senhores ainda seriam os donos da Ulbra.

Entretanto, fizeram tudo errado.

Mentiram vergonhozamente para os membros da igreja luterana e para a justiça.

Não foi o na época reitor da Ulbra, Ruben Eugen Becker, que teria assassinado um contabilista com um tiro pelas costas no período da construção do Colégio Cristo Redentor, para esconder crimes financeiros? E como ficou a família daquele contabilista? Ficaram desemparados e passaram fome.

Isto quem me contou foi um ex-funcionário da Ulbra, Milton da Encarnação, hoje proprietário da Serralheira MCA, o sequestrador Tirone Lemos Michelin e um ex-advogado meu Clóvis Voese.

Com a sede de garantir o maior espaço para a Universidade Ulbra ainda destruíram o IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo no Brasil.


Notícia do dia 08 de novembro de 2023

FALTAR COM A VERDADE NA JUSTIÇA
É CRIME, MESMO QUE SEJAM AUTORIDADES!

Onde estava ou esteve Tirone Lemos Michelin no dia do meu sequestro?

Onde estava ou esteve o na época reitor da Ulbra, Ruben Eugen Becker, no dia do meu sequestro?

Onde estava ou esteve o na época vice-reitor da Ulbra, Leandro Eugênio Becker, no dia do meu sequestro?

Onde estava ou esteve o advogado Domingos Moreira Góes no dia do meu sequestro?

Onde estava ou esteve a juíza Patrícia Krebs Tonet no dia do meu sequestro?

Os na época reitores da Ulbra falaram ao telefone com Michelin no momento em que ele me mantia sequestrado dentro de seu veículo?
Ou foi o advogado Domingos Moreira Góes?

Onde estava ou esteve meu sobrinho José Luis Lippert da Silva no dia do meu sequestro? José Luis andou pela Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul no dia do meu sequestro? José Luis viu minha pessoa entrar no carro do sequestrador Tirone Lemos Michelin? Onde estavam esposa e filho de José Luis no dia do meu sequestro?


Notícia do dia 06 de novembro de 2023

A PREMONIÇÃO EM RELAÇÃO À ULBRA
FEITA PELA ENTIDADE 13º

A premonição feita em relação à Ulbra foi feita à pedido do homem que acabaria sequestrando minha pessoa. Pessoa aquela que trabalhava para a Ulbra - Universidade Luterana do Brasil: TIRONE LEMOS MICHELIN.

Segundo Michelin, o mesmo precisava saber do futuro da universidade Ulbra, já que, segundo ele, a Ulbra, apesar de ter construído vários compi e escolas no Brasil, tinha muitas dívidas. E Michelin deveria, segundo ele, tentar garantir seu futuro.

Estávamos no restaurante Riversidades no shopping Praia de Belas em Porto Alegre à convite de Michelin.

Algumas premonições são realizadas pela entidade 13º e são instantâneas, ocorrendo no momento em que a pessoa faz o pedido da premonição.

Neste caso, disse a entidade que, apesar da grandeza disfarçada da Universidade Ulbra, ela iria fechar as portas, iria se acabar, seria o fim da Ulbra e as pedras de mármore viriam ao chão.

Ouvindo isto, Michelin pagou a conta, já que ele havia convidado para o jantar minha pessoa e meus filhos Chiara e Robson, e foi embora.

Em outra oportunidade foi revelado à minha pessoa, que o convite de Tirone Lemos Michelin teria sido a pedido do reitor e vice-reitor da Ulbra na época, Ruben Eugen Becker e Leandro Eugênio Becker.


Notícia do dia 31 de outubro de 2023

AS PESSOAS QUE CONSTRUÍAM O INSTITUTO IESES PODEM SER OS MAIORES RESPONSÁVEIS PELO
SEQUESTRO DE JOÃO LIPPERT.
ONDE ESTÁ O RESPONSÁVEL PELAS OBRAS?
POR QUE FUGIU?

Quanto custou o sequestro de minha pessoa?
Quanto custou o sequestro para a Ulbra e seus reitores na época?
Quanto custou o sequestro para a Feevale?
Quando custou o sequestro para o advogado da Ulbra na época,
Domingos Moreira Góes?

Diretores da construtora que construía o Instituto IESES são suspeitos de pertercerem à quadrilha da Ulbra e hoje ainda cobram supostas dívidas do IESES. Os mesmos terão que prestar esclarecimentos na justiça e são suspeitos de envolvimento no sequestro de minha pessoa.

Ex-reitores da Ulbra (Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat), Domingos Moreira Góes e Tirone Lemos Michelin, os senhores poderão ser os maiores responsáveis pelo sequestro de minha pessoa.

Se três advogados da Universidade Feevale participaram da tentativa de parar o Instituto IESES, terão que esclarecer este fato para a justiça. Destruíram uma das principais Unidades de Ensino do IESES que seria em Novo Hamburgo.

Os senhores também são suspeitos de ter pago para não serem investigados.
Pode ter muita gente da justiça infiltrada neste crime.

Será que a promotora, a defensora pública e a juíza não investigaram o crime de sequestro porque sabiam quem seriam apontados como mandantes do crime?


Notícia do dia 27 de outubro de 2023

COBRANDO DÍVIDAS

Acionistas do Instituto IESES vão ingressar na justiça em relação ao impedimento da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo.


Notícia do dia 25 de outubro de 2023

FALTANDO COM A VERDADE

Ruben Eugen Becker e Leandro Eugênio Becker, ex-reitores da Ulbra, bem como o advogado Domingos Moreira Góes, são suspeitos de terem faltado com a verdade na Congregação Luterana.


Notícia do dia 23 de outubro de 2023
(atualização em 24/10/2023)

PREMONIÇÃO CUMPRIDA

Cumpriu-se a premonição revelada à Tirone Lemos Michelin há mais de 24 anos atrás:
A ULBRA IRIA SE ACABAR

Premonição feita à Michelin por minha pessoa, João Lippert, médium de crença espiritualista, no restaurante Riversidades em Porto Alegre.
Estavam também presentes meus filhos Chiara e Robson.

Em 1999, os então reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat - impediram a implantação do Instituto IESES no Brasil, instituição do ensino fundamental, médio, profissionalizante e superior.

Na implantação da Unidade de Ensino IESES em Sapucaia do Sul no Rio Grande do Sul, minha pessoa recebeu a visita de Tirone Lemos Michelin.

Michelin era funcionário da Ulbra - Universidade Luterana do Brasil. Eu também fui funcionário da Ulbra por três anos e oito meses como pesquisador universitário nas áreas humana e veterinária.

Tirone Lemos Michelin. A sua vida foi projetada em um grande projeto universal pela entidade Espírito Santo. Ainda é possível reverter a maneira que a sua vida, como a de todos os humanos, chegará ao fim. Entretanto, isto só depende de você. Para isto, faz-se necessário que você prove na justiça dos homens onde estava no dia 23 de janeiro de 1999, dia em que você me sequestrou. As ofensas e ameaças que você deflagou à mim naquele dia, estão gravadas na minha memória. Com certeza, também estão gravadas na sua memória.

De outro lado, o que está acontecendo com a justiça no Rio Grande do Sul?
Meus advogados estão tendo dificuldades em ter acesso à documentos no Foro de Canoas.


Notícia do dia 13 de outubro de 2023

O SEQUESTRO

Até que provem ao contrário na justiça, duas universidades, três empresas e uma prefeitura no Brasil, são suspeitas de terem pago cerca de R$ 3 milhões de reais para sequestrarem minha pessoa em 23 de janeiro de 1999, na época diretor geral do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo.

Mesmo após minha pessoa ter denunciado na justiça o sequestro que sofri, nada foi investigado.


Notícia do dia 06 de outubro de 2023

COBRANÇA PELA DESTRUIÇÃO DAS
UNIDADES DE ENSINO IESES

Acionistas do IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo vão cobrar na justiça o embargo da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e a destruição da Unidade de Ensino Novo Hamburgo.

A Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul foi projetada para receber 3 mil alunos nos três períodos (manhã, tarde e noite) nos cinco dias úteis da semana.

A Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo foi projetada para receber 5 mil alunos nos três períodos (manhã, tarde e noite) nos cinco dias úteis da semana.

Os envolvidos nesta cobrança, até que provem ao contrário na justiça, são os hoje ex-reitores da Ulbra Ruben Eugen Becker e sua esposa e filhos, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, o advogado Domingos Moreira Góes e Tirone Lemos Michelin (o sequestrador de minha pessoa).

Como direto geral do Instituto IESES, uma instituição familiar, eu não precisava de autorização de quem quer que fosse para fundar uma escola da instituição em qualquer parte do mundo. O que fizeram conosco foi banditismo, terrorismo e vandalismo. E é óbvio que isto será cobrado na justiçado Brasil.


Notícia do dia 05 de outubro de 2023

DESTRUÍRAM O IESES PARA NÃO CONCORRER
COM A ULBRA

Edson Carpas, empreiteiro e proprietário da empresa que construía a Unidade de Ensino IESES em Sapucaia do Sul eNovo Hamburgo, está desaparecido desde que destruíram totalmente a escola em Novo Hamburgo.

O ex-reitor da Ulbra, Ruben Eugen Becker, segundo terceiros, é suspeito de ter assassinado um contabilista do mesmo. Será que não assassinou também o empreiteiro?

O IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo seria concorrente da Ulbra na área do ensino.


Notícia do dia 28 de setembro de 2023

ATENÇÃO TIRONE LEMOS MICHELIN, DOMINGOS MOREIRA GÓES E JOSÉ LUIS LIPPERT DA SILVA.

Os senhores têm doze horas a partir desta publicação, 28/09/2023 15hs, para comparecerem na justiça brasileira e confessarem o crime de sequestro que eu sofri em 23 de janeiro de 1999.
Não o fazendo, os senhores serão encontrados por alguém, mesmo que no inferno, caso seja lá que estejam escondidos.



Notícia do dia 18 de setembro de 2023

PROCURA-SE

A Televisão TVS procura endereço ou paradeiro de José Luis Lippert da Silva, sua esposa ou companheira e filho do casal. A mulher e filho, na época menor de idade, estavam na casa em que residia na época com minha família na Rua Peru 785 em Canoas, no dia do sequestro que sofri, 23 de janeiro de 1999.

No sequestro, fui levado de dentro do pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e deixado em um posto de gasolina às margens da BR-116 sentido Sapucaia do Sul - Porto Alegre.

Procura-se também endereço ou paradeiro de Francisco, irmão de José Luis Lippert da Silva.

Procura-se ainda endereço ou paradeiro do advogado Domingos Moreira Góes e do advogado Clóvis Voese, ex-acionista do IESES.


Notícia do dia 17 de setembro de 2023

IESES LEGÍTIMO

Vou avisar antecipadamente para ver se alguém da antiga Ulbra com seus ex-reitores, chamados de quadrilha pela própria Polícia Federal, se alguém tenta interferir mais uma vez na implantação do verdadeiro IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo. Os demais IESES por aí são falsos, utilizados por empresários sem imaginação. Falando dos falsos IESES, está incluído o IESES do Espírito Santo. Vou começar a cobrar direitos autorais por usar a sigla IESES. Ou os senhores de tais instituições são covardes sem imaginação?

20 de fevereiro de 2024


Notícia do dia 15 de setembro de 2023

OS IRMÃOS FRANCISCO E JOSÉ

Bem que minha irmã Irma dizia:
"Tomem cuidado com o Francisco e o Zé.
Até parece que não são filhos do mesmo pai."


IRMA LIPPERT

Certa vez emprestei uma televisão para minha irmã Irma e para meus sobrinhos Francisco e José. Porém, meus sobrinhos venderem a televisão. Alegou Francisco que o pastor do mesmo havia dito para ele vender a televisão e doar os recursos para a ingreja. E assim disse Francisco que o fez. Ainda disse Francisco que disse o pastor que famílias honestas não necessitavam daquele divertimento.

Minha irmã faleceu e agora quero ser reembolsado do valor daquela televisão que eu emprestei e meus sobrinhos venderam sem meu consentimento e doaram, segundo eles, os recursos para a igreja.

Cabe salientar que uma vez fui falar com Francisco onde ele trabalhava na época, em um banco, e ele me disse que acabara de conhecer o Diabo, dirigindo-se à minha pessoa.

Portanto, repito: quero ser reembolsado do valor daquela televisão.

De outro lado, ontem, dia 14/09 no perído da manhã, eu vi Francisco e José passarem de carro em frente à minha residência. Até pensei que eles estariam passando para devolver o valor da televisão. Isso não aconteceu.

Francisco e José, os senhores têm 12 horas a partir desta publicação para entrar em contato e me reembolsar o valor da televisão.


Notícia do dia 10 de setembro de 2023

FALTANDO COM A VERDADE NA JUSTIÇA

Ex-reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Mengat, o sequestrador Tirone Lemos Michelin, o ex-advogado da Ulbra Domingos Moreira Góes, Édson Freitas Carpa e outros, poderão ter prisão temporária decretada por faltarem com a verdade na justiça.

De outro lado, o juiz Paulo de Tarso Carpena Lopes mandou intimar minha pessoa para prestar exame no Instituto Psiquiátrico Forense em Porto Alegre em 2007. O juiz não me ouviu antes de determinar a realização do exame. O exame foi realizado. Os reitores da Ulbra na época e seu adovogado na época, Domingos Moreira Góes, também serão responsabilizados pro este exame psiquiátrico na justiça.

CLIQUE E VEJA A DETERMINAÇÃO DO JUIZ

CLIQUE E VEJA O LAUDO FORENSE

Secretária da promotora pública Fernanda Ruttke Dillenburg teria chamado minha pessoa de "louco".
É bem provável que tal secretária da promotora negue na justiça o que disse
.


Notícia do dia 06 de setembro de 2023

EX-REITORES DA ULBRA VÃO RESPONDER PROCESSO CRIMINAL POR DESTRUIÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO IESES NOVO HAMBURGO E EMBARGO DA UNIDADE DE ENSINO IESES SAPUCAIA DO SUL.

DE OUTRO LADO, PROCURA-SE ENDEREÇO OU PARADEIRO DE EDSON CARPAS QUE ESTÁ DESAPARECIDO. O MESMO FOI EMPREITEIRO DAS OBRAS DO IESES EM SAPUCAIA DO SUL E NOVO HAMBURGO. É SUSPEITO DE TER DESAPARECIDO A PEDIDO DOS EX-REITORES E DO NA ÉPOCA DA ULBRA ADVOGADO DOMINGOS MOREIRA GÓES.



Notícia do dia 18 de agosto de 2023


Notícia do dia 15 de agosto de 2023

TRISTE FATO:
SEQUESTRO DESTRÓI ESCOLAS

O plano de sequestro de minha pessoa pode ter iniciado na BASA em Caxias do Sul e arrastou como cúmplice, a Universidade Feevale através de três advogados, juntamente com o advogado da Ulbra na época, Domingos Moreira Góes, além do envolvimento também da maçonaria.

O sequestro de minha pessoa, que aconteceu em 23 de janeiro de 1999, foi para impedir a implantação do Instituto IESES no Brasil.

O sequestro foi cometido por um funcionário da Ulbra na época, Tirone Lemos Michelin, que apontou como mandantes os na época reitores da Ulbra, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat.

Tirone Lemos Michelin foi governador do Rotary Club.


Notícia do dia 10 de agosto de 2023

O SUPOSTO DESVIO DE SORO

Reitor da Ulbra na época, Ruben Eugen Becker, e o chefe dos laboratórios da Ulbra na época, Volnei Falckembach, além de outros, são suspeitos de terem desviado soro fisiológico da Basa de Caxias do Sul para utilizar nos cavalos do hipódromo de Porto Alegre. Neste caso, estavam tentando culpar minha pessoa.

Volnei dizia ser afilhado de Ruben Eugen Becker e tinha regalias.


Notícia do dia 08 de agosto de 2023

INDENIZAÇÃO

Acionistas do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo vão cobrar na justiça, da Ulbra e seus novos administradores bem como seus ex-reitores, o embargo da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e a destruição da Unidade de Ensino IESES. Novo Hamburgo.



Notícia do dia 04 de agosto de 2023

A TELEVISÃO QUE FOI EMPRESTADA AOS MEUS SOBRINHOS JOSÉ LUÍS E FRANCISCO LIPPERT

Em meados de 1993, eu emprestei para os meus sobrinhos José Luís e Francisco, bem como para minha irmã - mãe dos mesmos - Irma Lippert, uma televisão de tubo de 20 polegadas. Algum tempo depois, fui buscar a televisão que havia emprestado. Meus sobrinhos e minha irmã me disseram que um pastor de igreja evangélica teria aconselhado Francisco a se desfazer da televisão, porque a religião não permitia este tipo de distração em casa de família. Com isto, Francisco e José Luís venderam a televisão que eu havia emprestado e ainda embolsaram o dinheiro da venda. A televisão em questão, eu havia comprado parcelado em uma loja em Canoas.

Agora em 2023, minha irmã Irma faleceu. Desta forma, estou cobrando através desta notícia na Televisão TVS, a televisão de tubo emprestada aos meus sobrinhos com juros e correção monetária desde 1993.

Portanto, José Luís e Francisco entrem em contato com minha pessoa urgentemente em até 72hs pelo e-mail
tvsinternacional@hotmail
Não o fazendo, vou cobrá-los na justiça.


Notícia do dia 29 de julho de 2023

ESCLARECIMENTOS À JUSTIÇA

Juiz que determinou que minha pessoa realizasse perícia médica no Instituto Psiquiátrico Forense, Paulo de Tarso Carpena Lopes, bem como promotora pública Fernanda Ruttke Dillbenburg, defensora pública Ivanise Deckmann e ex-reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat - além do advogado Domingos Moreira Góes, Tirone Lemos Michelin e outros, deverão prestar esclarecimentos à justiça em relação a este pedido de perícia médica psiquiátrica de minha pessoa.

CLIQUE E VEJA O LAUDO


SE ALGO DE RUIM ACONTECER COM MINHA PESSOA, JOÃO MANOEL LIPPERT, COMO ATENTADO CONTRA MINHA VIDA DE QUALQUER TIPO, OU COM ALGUM DE MEUS FAMILIARES, ESTAS PESSOAS E SEUS CÚMPLICES SÃO OS PRINCIPAIS SUSPEITOS. PESSOAS ESTAS QUE JÁ ATENTARAM CONTRA MINHA VIDA.


Notícia do dia 28 de julho de 2023

A TELEVISÃO TVS PROCURA

Onde está Ruben Eugen Becker, endereço ou paradeiro.
Onde está Leandro Eugênio Becker, endereço ou paradeiro.
Onde está Tirone Lemos Michelin, endereço ou paradeiro.
Onde está Domingos Moreira Góes, endereço ou paradeiro.

Será que estão fazendo o que sempre fizeram? Na hora do apuro somem?
Os senhores têm muito o que esclarecer para a justiça.

Tentaram me internar no Instituto Psiquiátrico Forense.
Até que provem ao contrário na justiça, os senhores queriam um documento contrário a este laudo.

Como não fui considerado doente mental pelo Instituto Psiquiátrico Forense, recebi um laudo constatando que o que os médicos que me examinaram e confirmaram, através do laudo: que eu sou capaz e não apresento nenhum moléstia mental. Agora os senhores vão responder por este crime na justiça.
CLIQUE E VEJA O LAUDO

Até que provem ao contrário, os senhores queriam ficar com o Instituto IESES ou com o TESES.
Vão se explicar para a justiça.
Os senhores têm 72 horas para saírem dos seus esconderijos.
É hora de todos mostrarem a cara e provarem para o que vieram.

Diz o ditado popular: “Quem bate esquece, quem apanha não”.

Observa-se que Milton da Encarnação e seus filhos são suspeitos de fazerem parte desta quadrilha da Ulbra, assim como referido pelos federais.


Notícia do dia 24 de julho de 2023

DESTRUIÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO IESES
NOVO HAMBURGO

Desde aquele tempo, 1999, venho lutando contra esta quadrilha que chamavam de Ulbra.

Desde antes dos Federais apontarem Ruben Eugen Becker como o possível chefe da quadrilha, eu já chamava os então reitores da Ulbra de bandidos, com cúmplices até mesmo dentro da justiça, como algumas promotoras públicas, alguns defensores públicos, alguns juízes e juízas, que foram contra minha pessoa.

Desde aquele tempo, venho lutando contra esta quadrilha que chamavam de Ulbra.

Certa vez em audiência no Foro de Canoas, o vice-reitor da Ulbra na época Leandro Eugênio Becker reclamou ao juiz que os chamava de bandidos. Então, o juiz Sérgio Spadoni me chamou a atenção em sala de audiência, dizendo que somente a justiça poderia chamá-los de bandidos. Então eu disse ao juiz: "Aguarde Excelência." Passado o tempo, os então reitores perderam a Ulbra após vários crimes descobertos pela Receita Federal e Polícia Federal.

De outro lado, em 1999 o juiz André Reverbel de certa forma "abriu caminho" para o sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999, pois não me atendeu mesmo estando eu acompanhado de advogado, que na época também era acionista do Instituto IESES.




Notícia do dia 23 de julho de 2023

INDENIZAÇÕES

Acionistas do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo vão requerer na justiça, indenizações da Ulbra, Feevale e outros, pela destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo.

Diretor e acionistas do IESES requerem via e-mail, reunião com atual administração da Ulbra e da Feevale, para tratar da destruição da Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo.


Notícia do dia 22 de julho de 2023

HERESIA?

Tirone Lemos Michelin, pai, mãe, mulher e filhos.
Domingos Moreira Góes, pai, mãe, mulher e filhos.
Ruben Eugen Becker, pai, mãe, mulher e filhos.
Leandro Eugênio Becker, pai, mãe, mulher e filhos.


Notícia do dia 19 de julho de 2023

INDENIZAÇÕES, ACAREAÇÕES E REVISÃO PROCESSUAL URGENTE, DO QUAL O CRIME DE SEQUESTRO NÃO FOI INVESTIGADO!

SEM INVESTIGAÇÃO, NÃO HÁ CRIME DE DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA! TRAGAM TIRONE LEMOS MICHELIN À JUSTIÇA!

Acionistas do IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo vão requerer na justiça, indenização da Universidade Ulbra e seus ex-reitores Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, além de alguns advogados da Ulbra como Domingos Moreira Góes, bem como da Universidade Feevale e seu ex-reitor Lauro Tisher bem como três advogados da Feevale em 1999, pelo impedimento da implantação da Universidade IESES em Glorinha, Unidade de Ensino IESES em Sapucaia do Sul e destruição da Unidade de Ensino IESES em Novo Hamburgo, além de impedimento em outras cidades do Brasil.

O valor das indenizações serão apresentados na justiça.


Notícia do dia 17 de julho de 2023

QUANTO CUSTOU?

Dr. Domingos Moreira Góes e o faz tudo, se pagar bem, Tirone Lemos Michelin. O povo quer saber e algumas pessoas comentam. O sequestro de minha pessoa não deve ter custado barato. Aquele sequestro deve ter custado uma fortuna. Contem para mim, Domingos e Michelin.

Crimes de destruição de escolas envolvendo duas universidades, Universidade Ulbra e Universidade Feevale – através de três advogados da mesma. Isso também não deve ter custado barato.

Algumas pessoas já falam em bilhões de reais e outras falam em bilhões de dólares.

Contudo, o objetivo do sequestro surtiu efeito, o IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito foi impedido de ser implantado no Brasil.


Notícia do dia 15 de julho de 2023

SERÁ?

Domingos. Domingos Moreira Góes. Ex-advogado da Ulbra, ex-responsável pela área jurídica da universidade.

Domingos Moreira Góes. Você era responsável pela área jurídica da Ulbra e deixou o reitor na época, perder a universidade.

Domingos. Você é um dos piores advogados do Brasil.
Como é que você foi deixar isto acontecer com o então reitor?

Domingos. Será que você não estava sendo pago por alguém para acabar com a Ulbra?


Notícia do dia 11 de julho de 2023

DENÚNCIA

A TVS - A Televisão Sobrenatural do Brasil denuncia, até que provem ao contrário na justiça, que o advogado Domingos Moreira Góes foi cúmplice no sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999. Deste modo, procura-se endereço ou paradeiro do advogado Domingos Moreira Góes e do sequestrador Tirone Lemos Michelin, homem este que me sequestrou exigindo que minha pessoa entrasse no veículo dele no pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul e me levou até a BR-116 sentido Sapucaia do Sul - Porto Alegre, parando o veículo debaixo de uma passarela, sacando uma arma tipo pistola de cor preta, descendo do veículo com a pistola não mão e mandando que eu ficasse quieto. Antes ele perguntou: "Você está armado?" Na época eu tinha uma arma calibre 12 dois canos, mas é lógico que não estava comigo. Enquanto conversávamos dentro do veículo, ouvi um barulho dentro do mesmo e perguntei que barulho foi aquele. Michelin disse: "Foi um caminhão no asfalto." Logo em seguida ele pegou a arma com a mão direita, disse para eu ficar quieto e ele falava ao telefone. Me dava a impressão de que ele falava com Domingos Moreira Góes ou com o reitor da Ulbra na época Ruben Eugen Becker ou com o vice-reitor na época Leandro Eugênio Becker. Michelin exigiu que eu e minha família desocupássemos a casa que eu havia comprado da Ulbra na Rua Peru 785 em Canoas, que eu devolvesse o valor de R$ 50 mil reais que era para me ser pago em duas parcelas de R$ 25 mil, sendo que não recebi a segunda parcela, e exigiu ainda que eu saísse do Brasil, caso contrário eu poderia encontrar minha filha na época menor de idade com as pernas quebradas.

Este crime de sequestro nunca foi investigado pela justiça, mesmo tendo eu denunciado.
Como cidadão brasileiro, exijo que a justiça investigue este crime de acordo com o que eu tenho relatado.
Também denuncia-se que após este sequestro, a escola em Sapucaia do Sul não foi inaugurada porque estaríamos colocando em risco adultos e crianças. O número de crianças que poderiam estudar na escola, seria mais de mil.

Após isto, tentei abrir uma escola em um prédio em Novo Hamburgo, onde o sequestrador Tirone Lemos Michelin apareceu em uma reunião fazendo sinal que voltaria depois. Após isto e após uma reunião com o advogado Domingos Moreira Góes e três advogados da Feevale, que exigiram que as obras da escola parassem em até 12 horas, a escola foi totalmente destruída.

Após a destruição da escola em Novo Hamburgo não foi mais tentado abrir outra escola porque a fundação que era mantida por cinco professores da Universidade de Tóquio (que já não estão mais na universidade) juntamente com o sheik Jakui (já falecido), a fundação decidiu não mais abrir as escolas no Brasil porque aqueles criminosos destruíriam todas.Também fui impedido de construir a Universidade IESES em Glorinha. O prefeito na época Darci Lima da Rosa, já havia concordado com a área de terra escolhida. A área de terra foi determinada após fazermos um voo com um avião que joga fertilizantes em plantações. No voo estava comigo, além do piloto que era o dono do avião, meu filho Robson Lippert e meu sobrinho José Luis Lippert da Silva.

A Televisão TVS procura também endereço e paradeiro do empreiteiro que construía a escola em Novo Hamburgo, Edson Freitas Carpa, além de seu sócio na empreiteira.

Contudo, o Instituto IESES em outubro do corrente ano, começará a selecionar professores do ensino fundamental e médio, além de técnicos para as creches que serão mantidas pelo Instituto IESES.


Notícia do dia 05 de julho de 2023

NOTIFICAÇÃO RECUSADA

Senhora Maria Martins dos Santos se recusou a receber notificação sobre a desocupação do imóvel locado anteriormente pela Televisão TVS e minha pessoa, João Lippert. Desta forma, tudo foi encaminhado à justiça no processo existente, inclusive as chaves do imóvel.

Cabe salientar que ao desocupar o imóvel, foram feitas fotos e vídeos do mesmo desocupado nas condições em que fora deixado. Portanto, caso a senhora Maria Martins dos Santos ou qualquer de seus familiares resolvam de forma leviana degradar o imóvel de alguma forma para tentar responsabilizar indevidamente minha pessoa ou a Televisão TVS, temos em mãos prontas para a justiça todas as fotos e vídeos.


Notícia do dia 29 de junho de 2023

JUÍZA E PROMOTORA TERÃO QUE PRESTAR ESCLARECIMENTOS À JUSTIÇA E PROVAR NA JUSTIÇA QUE O CRIME DE SEQUESTRO NÃO ACONTECEU

Juíza Patrícia Krebs Tonet e promotora Fernanda Rutkke Dillenburg terão que provar na justiça que Tirone Lemos Michelin não me sequestrou da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul em 23 de janeiro de 1999.

Fui sequestrado por Tirone Lemos Michelin a mando dos na época reitores da Ulbra para impedir a implatação do Instituto IESES no Brasil.

Hoje, 28/06/2023, Tirone Lemos Michelin - o sequestrador - tem 36 horas (horário de Brasília) para se esclarecer na justiça. Fui sequestrado de dentro do pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul, após Tirone Lemos Michelin passear dentro da escola onde ficou sabendo como a escola funcionaria.

Michelin, não jogue sua vida fora. Corrija enquando é possível.


Notícia do dia 15 de junho de 2023

FORA DO RITMO DA JUSTIÇA DO BRASIL

Juíza, os brasileiros estão na m*rda tendo você como juíza, protegendo alguns dos maiores ladrões do governo que roubaram dinheiro do povo. Roubou o dinheiro do povo tem que ser preso. Lá é o lugar deles.

VISITA DE TIRONE LEMOS MICHELIN NA UNIDADE DE ENSINO IESES
NO DIA DO SEQUESTRO

Tirone Lemos Michelin e o advogado Domingos Moreira Góes terão que provar na justiça, onde estiveram no dia do sequestro que sofri, 23 de janeiro de 1999.
Estiveram em Canoas? Novo Hamburgo? Em outra cidade? Em outro país?

Espero que a justiça mande intimar Tirone Lemos Michelin e Domingos Moreira Góes para que os mesmos provem na justiça onde estiveram no dia do meu sequestro.


Notícia do dia 12 de junho de 2023

DEBOCHANDO EM SALA DE AUDIÊNCIA

Promotora pública Fernanda Ruttke Dillenburg, em sala de audiência, debochou de minha pessoa chamando-me de inteligente. Dizia ela com ar de deboche: "O senhor é inteligente, não é?" A promotora tirou todos da sala de audiência, inclusive o juiz, para debochar de minha pessoa. A promotora pública vai prestar esclarecimentos na justiça.


Notícia do dia 27 de maio de 2023

DIZEM QUE ASSIM MORREU O COMANDANTE SALMERON

Salmeron Kermor Ferreira Alves era vice-presidente do IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo e seu maior colaborador.

Dizem que Salmeron morreu em um acidente de helicóptero, juntamente com outras quatro pessoas, no qual o helicóptero colidiu com fios de rede de alta tensão.

CLIQUE AQUI E ASSISTA A UM VÍDEO QUE MOSTRA UM HELICÓPTERO
COLIDINDO COM FIOS DA REDE ELÉTRICA

Contudo, como o comandante Salmeron era meu amigo pessoal e vice-presidente do IESES, suspeito que o mesmo tenho sido assassinado e que o acidente na verdade, tenha sido planejado. Até porque no voo em questão, era para minha pessoa estar naquele helicóptero.



Na foto acima, helicóptero que o Instituto IESES estava adquirindo para servir às escolas do IESES.

TIREM SUAS CONCLUSÕES


Notícia do dia 22 de maio de 2023

O SEQUESTRO VISTO PELO SOBRINHO

Este rapaz, meu sobrinho, viu o sequestro acontecer. Ele estava na Unidade de Ensino IESES em Sapucaia do Sul com minha pessoa e dois filhos meus. Ele andou por cerca de 500 metros ou mais dentro da escola e no pátio da mesma com minha pessoa e meus filhos.

Contudo, tempos após o sequestro, ele foi trabalhar na emissora de televisão da empresa em que os reitores mandaram me sequestrar. E em depoimento na justiça, meu sobrinho disse que não tinha entendido o ato como um sequestro. Isto é corrupção ou não é?

Ato aquele onde Tirone Lemos Michelin me levou do pátio da escola em Sapucaia do Sul até às margens da BR-116 dentro de seu veículo, uma blaser de cor preta, próximo a um viaduto, deixando-me em um posto de gasolina.

A Televisão TVS procura o endereço ou paradeiro de José Luís Lippert da Silva, para que o mesmo preste novos esclarecimentos à justiça.

Quem estava no carro de Michelin quando me sequestrou? Teria sido o chefe de segurança da Ulbra em 1999? Ou teria sido o advogado da Ulbra na época, Domingos Moreira Góes?

Eu não sabia que os na época reitores da Ulbra – Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat – faziam parte da Maçonaria. Aquela religião, crença ou seita da qual já ouvi relatos quando eu trabalhava como repórter em São Paula de que faziam oferendas espirituais com humanos – adultos e crianças - e comiam crianças.

Denunciei os na época reitores da Ulbra na Receita Federal por crimes financeiros contra o Instituto IESES. Eles queriam se apropriar da sigla IESES. Eu gastei mais de um milhão de reais com viagens e estadias de hotéis, para conseguir garantias bancárias internacionais em nome do IESES, para angariar fundos para implantar o IESES no Brasil.

Quando fiquei sabendo do tamanho da dívida da Ulbra e seus na época reitores, já entendi na época o que iria acontecer com a Ulbra e seus reitores. Todos os senhores sabem o que aconteceu.

Fui acusado injustamente de denunciação caluniosa por eu ter denunciado no Ministério Público Estadual de Canoas, o crime de extorsão mediante sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999.

Ninguém, nenhuma autoridade, até agora investigou o crime ou provou que eu menti. Até porque o crime de fato aconteceu. Fui retirado do pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul por Tirone Lemos Michelin. O sequestrador tem que provar na justiça onde esteve no dia 23 de janeiro de 1999.

A promotora pública Fernanda Rutkke Dillenburg nunca teve o mínimo de interesse de investigar o crime, tanto que arquivou minha denúncia em apenas sete dias.

Gostaria de saber da promotora pública por que no final de uma audiência, em tom de deboche, a promotora sozinha com minha pessoa em sala de audiência, disse-me: “O senhor me parece ser uma pessoa inteligente ou não. Por que é que o senhor está fazendo isso?” Eu gostaria de ter esta resposta da promotora.


Notícia do dia 18 de maio de 2023

ACAREAÇÃO E REVISÃO DO PROCESSO JÁ
VAMOS SABER QUEM ENCHEU OS BOLSOS

Vou processar o Estado do Rio Grande do Sul pela condenação injusta e indevida proferida contra minha pessoa pela juíza Patrícia Krebs Tonet.

A juíza deverá provar na justiça que o crime de extorsão mediante sequestro que sofri em 23 de janeiro de 1999 não aconteceu.

Fui sequestrado do pátio da Unidade de Ensino IESES que estava sendo implantada em Sapucaia do Sul pelo sequestrador Tirone Lemos Michelin. O crime aconteceu na presença de meus filhos, Chiara a Robson, e de meu sobrinho José Luís Lippert, do qual a esposa do mesmo estava em minha residência na época à Rua Peru 785 em Canoas.

Michelin. Prove na justiça onde você estava no dia 23 de janeiro de 1999 entre 9hs e 10hs30.

Cúmplices e envolvidos no embargo a Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul, na destruiu a Unidade de Ensino IESES Novo Hamburgo e no crime de extorsão mediante sequestro que sofri.

Fui sequestrado para impedir a implantação do IESES - Instituto Educaional Sagrado Espírito Santo. O IESES tinha vários projetos sociais e humanitários e um navio escola que viajaria pelo mundo com os alunos e retonaria ao Brasil somente nas férias, bem como a fazenda abelha com cerca de dez mil colméias para coletar própolis, pólen, mel e apitoxina (veneno da abelha).


Notícia do dia 04 de março de 2023

O SEQUESTRO

Fui sequestrado em 23 de janeiro de 1999 pelo sequestrador Tirone Lemos Michelin, que afirmou ser o crime a mando dos na época reitores da Ulbra - Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat - para impedir perder alunos para o IESES - Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo.

A denúncia do crime de sequestro feita por minha pessoa ao Ministério Público Estadual foi arquivada em apenas sete dias pela promotora Fernanda Ruttke Dillenburg, sem qualquer investigação do crime denunciado.