22 de julho de 2021

ACORDOS E ACORDOS

Senhora com codinome "calibre 32" deu R$ 23 mil reais para o repórter João Lippert por prestações de serviços acordadas com a senhora calibre 32 e sua filha de codinome "preta". A senhora calibre 32 foi casada duas vezes, uma com o primeiro marido já falecido e a segunda vez com o sr. José, seu primo, que era agiota. O que se sabe é que a senhora calibre 32 "tirou" o sr. José de sua família, esposa e filhos, trazendo o mesmo para morar matrimonialmente em sua casa. Com o passar de cerca de dois anos, tal senhor passou a sofrer de Alzheimer. A senhora calibre 32 um dia resolveu fazer um contrato de união estável e após o interditou, tomando posse de todos os bens do mesmo e o internando em uma clínica geriátrica, onde veio a falecer, ficando a senhora calibre 32 com os bens do mesmo. O que se tem notícias é que tal senhor teria aproximadamente R$ 300 mil reais em conta bancária, sendo transferido pela senhora calibre 32 para sua conta própria no Banco do Brasil e de sua filha "preta".

EDITANDO VÍDEO


 

22 de julho de 2021

ACORDOS E ACORDOS

Presidente da Televisão TVS, João Lippert, determinou em 72hs, a publicação dos documentos datados dos valores pagos pela "senhora calibre 32" e que a mesma ou seu companheiro "homem urubu" falou para o "zé da borracha ou zé da pinga" que João Lippert teria lhe roubado R$ 50 mil reais.

Diz João Lippert: "Em razão da pandemia, vou propor um acordo para não falar mais sobre isso. Também vou propor um acordo com a mulher que mandou que eu filmasse suas partes íntimas e com o vizinho que chamou a entidade 13º de gnomo, além de outros."


 

20 de julho de 2021

A Televisão TVS procura os hoje ex-reitores da ULBRA, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos mesmos,
entre em contato com a Televisão TVS.

E-mail: tvsinternacional@hotmail.com
Whatsapp (apenas mensagens): (51) 9 8619-1074

Garantimos seu sigilo absoluto!


 

15 de julho de 2021

ZOMBOU DO 13º
ZOMBOU DE DEUS
ZOMBOU DO ESPÍRITO SANTO

O presidente Jair Bolsonaro está internado em São Paulo depois de ser diagnosticado com uma obstrução intestinal.

CLIQUE AQUI E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS


 

13 de julho de 2021

TIRO NO PÉ

Advogados da fundação que suportaria as obras do IESES no Brasil, informaram à três dias atrás, ou seja, sábado dia 10/07, que homem com codinome “zé da borracha ou zé da pinga”, sua mulher ou companheira e sua sogra, poderão ser intimados por outras comarcas, podendo ainda ter audiência online em razão da pandemia. A filha menor do casal, que deverá ser intimada pelo Conselho Tutelar, a audiência deverá ser realizada de forma presencial.


 

13 de julho de 2021

CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DEVERIAM PASSAR POR LAUDO PSIQUIÁTRICO FORENSE

Presidente da Televisão TVS, João Lippert, propõe que todos os candidatos à presidência do Brasil para 2022, deveriam passar por um laudo psiquiátrico forense, para que os brasileiros não tenham outro "bozo" na presidência, destruindo o nosso Brasil.

Também defendo a pesquisa do uso da apitoxina (veneno da abelha), produto natural, contra a Covid-19 e outras doenças.


 

12 de julho de 2021

COVER DE BOA MÚSICA PODE ESTAR CAUSANDO INVEJA EM VIZINHOS DO REPÓRTER JOÃO LIPPERT

Advogados da fundação que suportaria as obras do Instituto IESES no Brasil, denunciam na justiça o homem com codinome “zé da borracha ou zé da pinga”, por provocação e ameaça ao repórter João Lippert. Este senhor é suspeito de estar recebendo ordens da “senhora calibre 32”, de seu neto ex-obreiro e mulher que mandou que o repórter João Lippert filmasse suas partes íntimas, bem como dos hoje ex-reitores da Ulbra através do advogado Domingos Moreira Góes.

O fato foi em razão do animal de estimação de tal senhor estar urinando e defecando no terreno da frente do repórter João Lippert, e quando o repórter João Lippert disse que se o animal de tal senhor fosse visto fazendo isso novamente, ele atiraria um balde de água no animal. E com isto, alterado, tal senhor respondeu: “Se fizer isto, vai ver o que eu faço contigo.” O que foi entendido pelo repórter como provocação e ameaça.

Alguns vizinhos são suspeitos de provocarem o repórter João Lippert, em razão das músicas que o mesmo grava e publica na Internet, como a última gravada “Cuidado” do cantor Eduardo Costa.


 

10 de julho de 2021

FILHA MENOR DEVERÁ SER INTIMADA

Filha menor do homem com codinome "zé da borracha ou zé da pinga" e esposa ou companheira do mesmo, deverão ser intimadas a prestarem esclarecimentos à justiça.
A filha menor deverá ser intimada e prestar esclarecimentos em juiz, através do Conselho Tutelar.


 

03 de julho de 2021 (atualização em 05/07/2021)

POR QUE FIZERAM ISSO?

Por que os filhos e netos da senhora calibre 32 não entregaram na justiça na campanha no desarmamento, a arma que a mesma mantinha escondida em seu armário por 20 anos? Por que tinha que ser o repórter João Lippert a entregar?

Em relação a arma de fogo calibre 32 escondida de guarda-roupas no quarto da senhora com codinome calibre 32, é a razão para tentar descobrir os assassinos de um pai de família assassinado com três tiros justamente no dia dos pais, na frente da propriedade da então senhora calibre 32.

De outro lado, na urgência de passar para o seu nome, o usufruto de uma propriedade, hoje locada pela Televisão TVS, e também na urgência de receber o valor de uma apólice de seguros de aproximadamente um milhão de reais, a senhora calibre 32 disse ao repórter João Lippert: Pra quê investigar os assassinos? Ele já tá morto!

Quem teria contratado os três homens encapuzados para assassinar tal pai de família?

Teria sido o amigo da senhora calibre 32, com codinome zé da borracha ou zé da pinga, que chamou o repórter João Lippert de ladrão e intitulou a entidade 13º de gnomo?

Teria sido o homem com codinome homem urubu, que quase colocou fogo na casa da senhora calibre 32 por ligar a rede elétrica errada?

Teria sido o neto da senhora calibre 32 de codinome tapado ou obreiro?

Possivelmente fizeram isso para ficar de posse da propriedade e dos recursos da apólice de seguros.

Em relação ao homem com codinome tapado ou obreiro, tapado foi como ele e sua família chamaram o repórter João Lippert. Entretanto, chamaram-o assim mesmo após o repórter João Lippert ter conseguido através da Televisão TVS na Secretaria de Saúde, que a esposa dele fosse internada para tratamento. Tal mulher ainda disse na frente do marido e filhos, que o repórter João Lippert filmasse suas partes íntimas. Disse isso mesmo após o repórter João Lippert ter sido padrinho de seu casamento, o que hoje está sendo requerido por João Lippert ser removido de padrinho.

Codinome da mulher do zé da borracha ou zé da pinga: bláblábláblá. Certa noite, esta senhora ao chegar em sua casa por volta da meia-noite com o zé da borracha ou zé da pinga, seu animal de estimação foi encontrá-los e certamente pulava nela ao sair do veículo e ela xingava o animal e dizia em voz alta: Tá com dó dela? Leva pra tua cama!

Advogados da fundação que suportaria as obras do Instituto IESES no Brasil, ao verem a publicação de hoje, determinada pelos mesmos, advogados estão requerendo na justiça, proteção policial e garantias de vida ao repórter João Lippert e requerendo intimação de todos os envolvidos nesta publicação.


 

29 de junho de 2021

O presidente da Televisão TVS, o repórter João Lippert envia para a fundação que suportaria as obras do IESES no Brasil, proposta para a fundação suportar o novo projeto do IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo.

Diz João Lippert: “Se tirarem o prefeito corrupto Darci Lima da Rosa de Glorinha, podemos propor que o novo projeto seja instalado naquela cidade.”

CLIQUE AQUI E VEJA O NOVO PROJETO

Ainda diz João Lippert: "De outro lado, com a condenação dos hoje ex-reitores da Ulbra e seus cúmplices com nomes e codinomes nesta página de notícias, que deverão fazer perícia médica psiquiátrica no Instituto Psiquiátrico Forense, poderemos recomeçar a vida do Instituto IESES – Instituto Educacional Sagrado Espírito Santo."


 

25 de junho de 2021

REPÓRTER JOÃO LIPPERT FAZ REVELAÇÕES

A música “Que Diabo Você Tinha”, que foi gravada pelo saudoso Jair Rodrigues, é composição de João Lippert e outro compositor de São Paulo.

Quando João Lippert deixou o trabalho na imprensa em São Paulo e foi fazer som em um conjunto no Circo México, João Lippert era parceiro de composição de um compositor paulista, os quais juntos compuseram a música “Que Diabo que Você Tinha”.

Aquele compositor morava no bairro Brás e algumas vezes ele e João Lippert se reuniam para falar de música. E foi em um daqueles encontros que compuseram a referida música.

Quando João Lippert chegou na casa do compositor, o mesmo estava tocando no violão essa música, que acabava de iniciar e ele cantava “que diabo você tinha, que bicho foi que te mordeu” e João Lippert gritou de longe “foi marimbondo”. E então, reuniram-se e derem seguimento à composição que ficou assim:

João Lippert, viajando no Brasil com o circo, perdeu contato com o parceiro de composição, em uma época que não havia Internet nem telefone celular.

Tempos depois em São Paulo, João Lippert encontrou-se com Jair Rodrigues em seu apartamento e falaram sobre a música. Jair Rodrigues não podia gravar a música porque não estava registrada. João Lippert já não tinha mais o contato com o parceiro da composição.

Desse modo, o tempo passou e agora, mais de quarenta anos depois, João Lippert encontrou a gravação da música na voz de Jair Rodrigues.

Assim, João Lippert gostaria de saber como a música foi registrada e gravada por Jair Rodrigues, já que João Lippert nunca foi contatado a respeito.

Se alguém tiver informações sobre esse assunto, favor entrar em contato com João Lippert, através da Televisão TVS.
E-mail para contato: tvsinternacional@hotmail.com

Diz João Lippert: “Hoje estou no estúdio da Televisão TVS ensaiando a música ‘Cuidado' de Eduardo Costa. Em breve sairá um vídeo com o cover da música na minha voz, a título de protesto em relação ao impedimento da implantação da Universidade IESES em Glorinha e impedimento e destruição das escolas do IESES em Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo e Gramado. Também será gravado um vídeo apontando os ex-reitores da Ulbra, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat como mandantes do sequestro que sofri em 1999 através de Tirone Lemos Michelin. Fui sequestrado do pátio da Unidade de Ensino IESES Sapucaia do Sul por Tirone Lemos Michelin na presença de dois filhos meus e um sobrinho e o crime nunca foi investigado. Todas as pessoas hoje citadas com codinomes serão intimadas a prestarem esclarecimentos à justiça. Um homem certa vez invadiu o pátio da Televisão TVS e nos ameaçou até de morte e segundo o que eu sei quem teria o mandado fazer isso, teria sido a senhora calibre 32 e sua filha de codinome preta. O invasor era o marido ou companheiro da senhora com codinome preta. Estavam debruçados sobre o muro nos ofendendo, a senhora calibre 32 e outra filha da mesma, que também deverá ser intimada a prestar esclarecimentos à justiça.”


 

24 de junho de 2021

CUIDADO

O repórter, músico e cantor de músicas populares e sertanejas brasileiras, João Lippert, da dupla João Lippert & Bruna Dartora, que faz covers para o Youtube, já está no estúdio da Televisão TVS ensaiando para gravar cover da música “Cuidado” de Eduardo Costa como protesto ao impedimento e destruição da Universidade IESES em Glorinha e das escolas IESES em Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo e Gramado. A música terá algumas palavras substituídas.

AGUARDEM


 

18 de junho de 2021

SUSPEITA DE CORRUPÇÃO TAMBÉM NA IMPRENSA?

Zero Hora, Correio Braziliense e outras imprensas, na minha opinião foram negligentes e podem ter até mesmo recebido propina para não publicarem as notícias em relação aos na época reitores da Ulbra, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, quando tive a universidade IESES em Glorinha impedida de ser implantada, a escola IESES em Sapucaia do Sul embargada, a escola IESES em Novo Hamburgo destruída e ainda fui sequestrado em 1999. Enviei a estes órgãos da imprensa na época, todo o relato do que me aconteceu, apresentei documentos, me coloquei à disposição, e os mesmos nem se quer me responderam a respeito, com exceção da Zero Hora, que me respondeu dizendo que não iria publicar a notícia porque poderia “respingar neles esses problemas”. Vou solicitar à Zero Hora e ao Correio Brasiliense e outros, uma matéria para relatar tudo novo. Vamos ver e novamente vão ficar em silêncio.


 

17 de junho de 2021

Em relação ao comportamento do presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, especialmente em relação à pandemia da Covid-19 que tirou a vida de milhares de brasileiros, diz o repórter e presidente da TVS João Lippert: "Bolsonaro pode sofrer de perturbações psicológicas, leves, médias ou graves, considerando seu comportamento para com o povo brasileiro, do qual ele teve votos e se elegeu presidente do Brasil. Antes de se candidatar novamente à presidência do Brasil, Bolsonaro deveria apresentar um laudo psiquiátrico forense, para provar aos brasileiros que é totalmente capaz de seus atos. Na minha opinião, todo homem ou mulher, para se candidatar à presidência de um país, deveria ter a obrigação de apresentar um laudo psiquiátrico forense."


 

17 de junho de 2021

MOMENTO DE PROVAR

Advogados da fundação dão 10 dias, a partir desta data, 17 de junho de 2021, para o homem com codinome “zé da borracha ou zé da pinga” provar e apontar na justiça nomes das pessoas que disseram à ele que o repórter João Lippert era ladrão.

Por vingança, podem estar envolvidos neste crime, os hoje ex-reitores da Ulbra, Ruben Eugen Becker, Leandro Eugênio Becker e Pedro Menegat, o ex-obreiro evangélico com codinome “tapado” e sua mulher que queria que o repórter João Lippert filmasse suas partes íntimas, a “senhora calibre 32” e seu companheiro “o homem urubu”.

Todos serão intimados a prestarem esclarecimentos na justiça. Familiares do “zé da borracha ou zé da pinga” também deverão ser intimados a prestarem esclarecimentos na justiça.


 

16 de junho de 2021

CHAMAR ALGUÉM DE LADRÃO SEM PROVAS
É CRIME E DÁ PRISÃO

CALÚNIA:  acusar alguém de algo criminoso, ferindo sua reputação perante a sociedade.
“Art. 138 – Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime. Pena – detenção, de seis meses a dois anos, e multa. “

INJÚRIA:  ofender alguém com palavras de baixo calão ferindo seu respeito pessoal.
“Art. 140 – Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro. Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.”

É O CASO DA "SENHORA CALIBRE 32", SEU COMPANHEIRO OU PRIMO E O HOMEM COM CODINOME "ZÉ DA PINGA E ZÉ DA BORRACHA".


 

15 de junho de 2021

PENHORA DA FAZENDA DE ZEZÉ DI CAMARGO

Advogados da fundação que manteria as obras do Instituto IESES no Brasil, pela apropriação indébita do cheque emitido para pagamento do show não realizado de Zezé Di Camargo & Luciano, advogados vão requerer penhora de bens de Zezé Di Camargo, Luciano e família, inclusive a penhora da fazenda de Zezé Di Camargo.

Clique aqui e veja a cópia do cheque.


 

13 de junho de 2021

COBRANÇAS

Atenção senhores Mirosmar José de Camargo e Welson David de Camargo, mais conhecidos como Zezé Di Camargo & Luciano.

E esta vida de milionário? E não devolveram meu cheque nem me ressarciram os prejuízos que me causaram devido ao show que vocês não realizaram na cidade de Gramado. O cancelamento daquele show quinze dias antes da realização, causou prejuízos e sofrimento a milhares de pessoas que pagariam para assistirem seu show e doariam alimentos não perecíveis que seriam distribuídos a pessoas e instituições carentes. Esta vida, supostamente luxuosa, se durar um ano será muito. Devolvam meu cheque. Reter cheque de outrem é crime de apropriação indébita. Devolvam meu cheque e ressarçam meus prejuízos, que hoje, com juros e correção monetária, fica em torno de R$ 500 mil reais.

Vídeo Advogados também vão cobrar os danos morais e prejuízos financeiros causados ao repórter João Lippert e suas empresas, causados pelos hoje ex-reitores da Ulbra, a Ulbra e sua mantenedora Aelbra, bem como os dois proprietários de imóveis em Canoas que ingressaram com ações indevidas de despejo contra João Lippert e a Televisão TVS, Milton da Encarnação, a mulher que mandou que o repórter João Lippert filmasse suas partes íntimas e todos já publicados nesta página de notícias com nomes ou codinomes.


PRÓXIMA PÁGINA >>>